Escolas de Jundiaí se unem pelo desenvolvimento da Primeira Infância, mobilizando pais e educadores


A diretora Gabriela Marzochi (Escola Crescer e Aprender) apadrinhou a EMEB Alceu de Toledo Pontes para beneficiar os pais e toda a equipe escolar com as ações do programa

As duas instituições de ensino receberão o título de “Escolas do Bem”, um projeto inovador de responsabilidade social que chega à cidade para engajar as escolas aos objetivos de desenvolvimento da ONU.


Fruto de uma iniciativa inovadora que nasceu no interior do Estado de São Paulo, com o objetivo de promover a responsabilidade social, capacitar os profissionais de educação e fortalecer a gestão escolar, visando garantir o pleno desenvolvimento na primeira infância, o Programa Escolas do Bem conquista a confiança de duas instituições de Jundiaí (SP), as primeiras da cidade a obter a certificação: a Escola Crescer e Aprender e a EMEB Alceu de Toledo Pontes.


“Cada escola que adere a esse movimento é motivo de comemoração para nós. Sinaliza que os gestores da educação estão cada vez mais dispostos a adotar um modelo onde todos ganham: a própria escola, os alunos, os educadores e também a comunidade. O nosso objetivo é lançar uma semente para que boas práticas possam ser replicadas por todos”, celebra a idealizadora do “Escolas do Bem” e fundadora do Instituto Noa, Lucy de Miguel.





A diretora da Escola Crescer e Aprender, Gabriela Marzochi, também festeja a adesão. “Esse título reflete a nossa crença sobre o papel social de uma escola para o desenvolvimento de toda a comunidade. Essa é uma missão tão importante quanto a de preparar crianças e adolescentes para as próximas etapas da vida escolar”, entusiasma-se.


Objetivos da ONU são referência


O principal compromisso das Escolas do Bem é contribuir para que sejam alcançados sete dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela ONU, relacionados à Primeira Infância (fase que vai do nascimento aos 6 anos): Melhoria da Nutrição, Saúde, Educação de Qualidade, Redução das Desigualdades, Consumo Responsável, Cultura da Paz e Parceria pelas metas.


Durante todo o ano as escolas vão trabalhar fortemente em iniciativas de orientação familiar, ancoradas por textos jornalísticos que ampliam o conhecimento dos adultos nas questões relacionadas ao desenvolvimento integral da criança nos primeiros anos de vida. Por meio de um aplicativo gratuito, que funciona como uma revista eletrônica, os pais e outros cuidadores recebem notícias diárias sobre temas como gestação, amamentação, saúde da criança, alimentação, importância do brincar, lancheira saudável, entre outros.



Orientação familiar por meio de textos jornalísticos. Baixe o aplicativo gratuito


Para a diretora da EMEB Alceu de Toledo Pontes, Maria de Lourdes Pollegatto R. Carbonari, (conhecida carinhosamente como Tuig), “essa parceria chega no momento certo e será importante para trabalharmos a consciência colaborativa em toda a nossa escola, envolvendo as famílias, a equipe escolar e toda a comunidade de Jundiaí em causas relevantes para o desenvolvimento de nossa cidade”, destaca.




Conheça uma das campanhas


Como parte dessa proposta, as escolas vão mobilizar todos os públicos com os quais se relacionam, engajando-os em campanhas para melhoria do bem-estar social, como a já conhecida campanha do Lacre Solidário. A cada 140 garrafas de dois litros cheias de lacre de alumínio, será doada uma cadeira de rodas. Esse gesto ajuda a melhorar a qualidade de vida de uma pessoa com deficiência.


Se, por um lado, existem as ações pilares – das quais todas as Escolas do Bem são convidadas a participar –, por outro, as instituições de ensino também dispõem de autonomia para implementarem seus próprios projetos, desde que esses estejam alinhados aos princípios que norteiam o programa. Neste caso, diretores e professores recebem todo o suporte da equipe do Instituto Noa.





Sobre o Programa Escolas do Bem


Em seu quarto ano de atividade, o Programa Escolas do Bem, coordenado pelo Instituto Noa, já beneficiou cerca de 20 mil famílias em 16 cidades do estado de São Paulo, envolvendo 105 escolas públicas e privadas.


A iniciativa deste programa tem como objetivo ampliar o conhecimento dos adultos quanto aos cuidados para o desenvolvimento integral da criança entre 0 e 6 anos, além de aumentar o bem-estar das famílias em prol de uma sociedade melhor. Também atua no fortalecimento da gestão escolar, promovendo a capacitação dos educadores e dos gestores.


Devido à importância de se trabalhar com temas tão relevantes para o desenvolvimento social, o projeto vem expandindo sua atuação por outras cidades do Brasil. Outras escolas também podem se inscrever para participar deste programa, cujo ciclo é de três anos.


Mais informações em www.escolasdobem.com.br ou pelo e-mail eusou@escolasdobem.com.br.

© por Instituto Noa. Todos os direitos reservados.

Acesse, curta e compartilhe

Instituto Noa

Whats: (15)  99129-4846

contato@institutonoa.org.br

Al. Santos, 1165 - São Paulo - SP

Certificado Selo Social 2015
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black YouTube Icon
  • Instagram