Apartamentos agravam fumo passivo

Crianças que moram em apartamentos têm 45% mais exposição à nicotina proveniente de cigarros se comparadas com aquelas que vivem em casas, segundo estudos das universidades de Harvard e Rochester.

Os pesquisadores explicam que a fumaça penetra através de janelas, paredes e sistemas de ventilação, afetando a saúde de crianças e adultos que residem no mesmo edifício.

“Se seus vizinhos fumam, então você está exposto, mas em apartamentos esse efeito é ampliado. A fumaça contamina todo o edifício”, afirma o pediatra Jonathan Winickoff, autor do estudo e professor da Harvard Medical School.

Fonte: Revista NA MOCHILA