Netos e avós unidos desde cedo

Quanto mais tempo dividem desde o nascimento até a adolescência, mais fortes se tornam os laços afetivos entre netos e avós: foi o que concluiu uma pesquisa realizada pelas universidades canadenses Concordia e Wilfrid Laurier.

De acordo com os cientistas, isso ocorre porque a proximidade e o afeto despertam interesses comuns e respeito mútuo, que permanece no futuro. As melhores situações para netos e avós conviverem são durante as férias escolares, em feriados religiosos, cuidando do jardim, fazendo compras e cozinhando juntos.

A pesquisa ainda apontou que os idosos ficam mais otimistas quando convivem com crianças e jovens.

Fonte: Revista NA MOCHILA