Volta às aulas requer escolha cuidadosa dos alimentos da lancheira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lanches intermediários devem ser ricos em nutrientes para manter a disposição durante a aula e a concentração nos estudos, alerta especialista do programa Meu Pratinho Saudável

 

          O programa Meu Pratinho Saudável, desenvolvido pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP em parceria com a LatinMed Editora em Saúde, alerta pais e responsáveis para os cuidados na escolha dos alimentos que irão compor a lancheira das crianças na volta às aulas.

 

         Refrigerantes, bolos, doces e frituras, ricos em açúcar e gordura, devem ser substituídos por alimentos mais saudáveis, ricos em nutrientes para manter a disposição durante a aula e a concentração nos estudos (veja sugestões de cardápio abaixo).

 

         Segundo a médica Elisabete Almeida, coordenadora do programa, um bom lanche entre as refeições, principalmente no intervalo entre as aulas, garante o um bom funcionamento do metabolismo, digestão e absorção dos nutrientes.

 

         Ela alerta que os lanches devem conter pelo menos um alimento rico em proteínas, um alimento rico em carboidratos e um alimento de origem vegetal, podendo ser frutas, verduras ou legumes.

 

         Ela observa que os lanches intermediários da manhã e tarde, devem suprir de 10% a 15 % das necessidades nutricionais diárias, variando conforme o consumo alimentar nas demais refeições principais.

 

         “É importante também incluir uma garrafa de água para que a criança possa consumir durante a aula, garantindo a necessária hidratação”, diz a especialista.

 

         O programa Meu Pratinho Saudável é voltado para crianças de seis meses a 10 anos e tem como objetivo readequar a alimentação para que comam bem e de maneira saudável. Um dos principais conceitos  é que metade do prato da criança nas refeições principais seja preenchido com verduras e legumes (crus e cozidos) e que a outra metade seja preenchida com 1/4 de alimento rico em proteínas e 1/4  de alimentos ricos em carboidratos.  Mais informações podem ser obtidas em www.meupratinhosaudavel.com.br.

 

        Exemplos de cardápios para lancheiras saudáveis

 

1-    200 ml de bebida a base de soja sabor chocolate; 1 bisnaguinha com creme vegetal; 1 banana maçã.

2-    180 ml de bebida láctea sabor pêssego; 4 biscoitos tipo cream-cracker; 1 ameixa vermelha

3-    1 caixinha de água de coco, 2 fatias de pão de forma integral; 1 colher de sopa de patê de ricota temperada; 1 fatia de melancia cortada em cubinhos.

4-    200 ml de suco natural de manga; 1 bisnaguinha; uma fatia de queijo branco; 1 maçã pequena

5-    1 caixinha de água de coco; 4 biscoitos tipo maisena; 1 queijo processado; 1 cacho pequeno de uva

 

Obs: Os lanches indicados têm entre 217 e 300 calorias e as quantidades podem variar conforme a necessidade de cada criança.

 

 

Fonte. Assessoria de imprensa da Secretaria do Estado de São Paulo.

Please reload

© por Instituto Noa. Todos os direitos reservados.

Acesse, curta e compartilhe

Instituto Noa

Whats: (15)  99129-4846

contato@institutonoa.org.br

Al. Santos, 1165 - São Paulo - SP

Certificado Selo Social 2015
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black YouTube Icon
  • Instagram