Escolas do Bem se unem à Ecopatas pela castração de animais abandonados em São Paulo


Programa que fomenta a responsabilidade social nas escolas terá campanha para arrecadar tampinhas plásticas. A ação garante um descarte correto para o material e reduz a reprodução de animais nas ruas. O Instituto Noa, responsável pelo Programa Escolas do Bem – o primeiro programa brasileiro de responsabilidade social nas escolas – acaba de firmar parceria com a Ecopatas, de São Paulo. O intuito é engajar toda a comunidade escolar e do seu entorno em uma campanha bastante nobre: juntar tampinhas plásticas que serão vendidas para a reciclagem, revertendo recursos para a castração de animais abandonados. A campanha é bastante simples: a escola torna-se um ponto de coleta das tampinhas e estimula seus alunos, pais, funcionários e toda a comunidade a contribuírem com a causa. O material arrecadado é enviado à Ecopatas, que vende para reciclagem e coordena um projeto de castração de animais, em parceria com mais de 25 clínicas veterinárias na Grande SP.

“A cada 70 quilos do material arrecadado, aproximadamente, um animal é encaminhado para castração. Desta forma contribuímos para reduzir o número de animais abandonados nas ruas da cidade e sua reprodução, e ainda damos um destino correto para o descarte das tampinhas”, conta Flávia Monteiro, uma das coordenadoras da Ecopatas.

Para expandir a campanha para outras cidades onde há Escolas do Bem, o Instituto Noa está buscando estabelecer parcerias com outras associações que fazem este trabalho. “Há muitas organizações envolvidas com essa causa em todo o Brasil e podemos ampliar a nossa contribuição, já que existe um forte poder de mobilização nas escolas”, garante Lucy De Miguel, coordenadora do programa Escolas do Bem. Em São Paulo, a primeira escola a dar a largada na campanha é a Green Kids School, situada na Zona Oeste (Rua Nanuque, 363, Vila Leopoldina). “É importante para a formação do aluno que ele tenha consciência de sua responsabilidade na preservação do meio ambiente, no cuidado com os animais e na redução da emissão de lixo. Quando eles aprendem desde bem pequenos, acabam criando novos hábitos até mesmo nos adultos da família”, conta Maria Pizzi, diretora da Green Kids School. Por que só tampinhas? A coordenadora da Ecopatas, Flávia Monteiro, explica que é um material mais fácil de armazenar por conta do tamanho, além de ser um plástico importante para reciclagem e muito utilizado pela indústria na produção de outros materiais. Ao tirar essas tampinhas coloridas do lixo comum e da natureza, a ação também contribui para a redução da ingestão deste material pelos animais, que são atraídos pelo colorido das peças e acabam morrendo ao alimentarem-se de plástico. Sobre o Programa Escolas do Bem

Coordenado pelo Instituto Noa, o Programa Escolas do Bem já beneficiou cerca de 30 mil famílias em 16 cidades do estado de São Paulo, envolvendo 116 escolas públicas e privadas. A iniciativa tem como objetivo ampliar o conhecimento dos adultos quanto aos cuidados para o desenvolvimento integral da criança entre 0 e 6 anos, além de fomentar a prática de ações de responsabilidade social nas escolas. Também atua no fortalecimento da gestão escolar, promovendo a capacitação dos educadores e dos gestores.


Devido à importância de se trabalhar com temas tão relevantes para o desenvolvimento social, o projeto vem expandindo sua atuação por outras cidades do Brasil. Mais informações no site www.escolasdobem.com.br.

Acesse, curta e compartilhe

Instituto Noa

Whats: (15)  99129-4846

contato@institutonoa.org.br

Al. Santos, 1165 - São Paulo - SP

Certificado Selo Social 2015
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black YouTube Icon
  • Instagram

© por Instituto Noa. Todos os direitos reservados.